domingo, 16 de outubro de 2011

Ouça no volume máximo #8

Saudações galera, chegamos ao trabalho mais esperado da Legião, afinal a banda estava há 3 anos sem gravar juntos. Mas antes de explorarmos o disco quero lembrar que o texto abaixo é um breve resumo de informações coletadas em livros, revistas e internet. Os créditos são citados ao final.

A Tempestade (ou O Livro dos Dias)
Período de Gravação: janeiro a setembro de 1996
Data de lançamento: 20 de setembro de 1996
Produzido por: Dado Villa-Lobos e Legião Urbana

         Em janeiro de 1996 a Legião Urbana entrava novamente num estúdio para registrar aquele que seria um dos últimos discos da banda. A idéia inicial era fazer um álbum duplo, pois foram gravadas canções que fariam parte do póstumo “Uma Outra Estação”, porém por motivos comercias ela foi abandonada. Mesmo assim era o disco mais esperado. Suas canções eram de estilos diversos, desde melodias passando por blues, soul até lembranças de uma Legião punk (yeah!). Há músicas muito belas, porém é o menos tocado de toda carreira da banda.

Legião Urbana A tempestade

A música de trabalho, “A Via Láctea” (repleta de um falso otimismo), traçava uma idéia de como seria o álbum, melancólico, onde Renato insinuava que algo estava errado. Foi o primeiro sucesso a ganhar as rádios e transformou-se numa declaração de adeus, com uma letra triste e reveladora sobre o estado de saúde do compositor.
         Renato registrou quase todo o disco de primeira, e não voltou ao estúdio para regravar nada, exceto A Via Láctea. Tendo posto as vozes guia nas músicas, ele retirou-se para seu apartamento e de lá ficava acompanhando os trabalhos de Dado, Marcelo e Carlos Trilha. Suas observações nem sempre eram gentis, mesmo cansado passava horas ao telefone reclamando disso ou daquilo.
Durante o tempo que passou sem gravar com a Legião, Renato Russo lançou dois projetos solos. Um deles, chamado "The Stonewall Celebration Concert" com  21 canções em inglês. Este trabalho foi gravado para a campanha do sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. No encarte deste CD há ainda endereços de várias ONGs.
Renato gravou também um disco em italiano, "Equilíbrio Distante". O álbum foi um sucesso de vendas surpreendente! Já nessa época os rumores dizendo que o cantor era portador do vírus da AIDS começaram a ficar mais freqüentes, e ele passou a ficar cada vez mais recluso. Depois da fase limpa (“O Descobrimento doBrasil”) Renato voltara a brigar com a bebida e a se machucar... Ele também sentia-se incomodado pelo rumo que o culto à sua personalidade havia tomado.
Segundo a mãe do cantor, Maria do Carmo Manfredini, o nome de seu último álbum revela bem o estado de espírito de seu filho, pouco antes de sua morte. Ele dizia que queria muito fazer deste trabalho algo muito especial, pois não sabia se faria outro. Este nome foi escolhido porque havia uma tempestade dentro dele.
Nos seus três últimos meses de vida, com o agravamento da enfermidade, o pai do cantor veio de Brasília para ficar permanentemente ao lado do filho.
Renato não se entregou, porém perdeu a guerra, pois após abandonar e retomar o tratamento no decorrer dos anos, e as recaídas em álcool (ou outras drogas) fizeram os remédios perderem o efeito, e isto agravou a fase aguda da AIDS.
Renato era um verdadeiro astro do rock, dono de um carisma inegável, um enorme talento para compor letras inesquecíveis e um poder assustador sobre o público. Ao vivo a banda superava qualquer outra atração do rock brasileiro. Havia claro, a competência de Dado e Marcelo (precisos em seus instrumentos), mas era Renato quem levava o público à loucura com suas frases de alertas, ternas ou agressivas, e sua dança hipnótica (alusão a Jim Morrison dos The Doors).
Renato desencarna em 11 de outubro de 1996, às 1 h 15 m.


Antes de passarmos para as curiosidades gostaria de reproduzir uma frase emocionada de sua mãe logo após as cinzas do cantor ter sido espalhadas no sítio do paisagista Burle Marx
"...Deus dá o tempo da gente, Deus levou ele na hora certa. Eu agradeço a Deus, sempre falo: agradeço, agradeço... O tempo do meu filho foi um tempo completo, ele não deixou espaço, então Deus faz o que tem que ser feito, Deus faz na hora certa e a gente não tem que reclamar de nada..." (Maria do Carmo Manfredini)

Curiosidades:

♫ A autobiográfica “Clarisse” (canção que fala de uma menina de 14 anos que trancada no banheiro fazia marcas no corpo com um pequeno canivete) após muita discussão entre os membros da banda, foi mantida fora do disco. Renato achava que os fãs não mereciam ouvi-lo cantar (num comovente primeiro take, sem errar) versos como “...deitada num canto, seus tornozelos sangram / e a dor é menor do que parece / quando ela se corta, ela se esquece / que é impossível ter da vida calma e força...”

♫ Durante as gravações, Renato estava muito fraco e abatido pela doença, tanto podia reagir explosivamente a um simples “tudo bem”, como era capaz também de carinhosamente cantar “La solitudine” à capela para a cozinheira do estúdio, dona Penha;

♫ “L’avventura” era o titulo de um filme de Michelangelo Antonioni;

♫ “Leila” é a canção mais descontraída do álbum;

♫ “Dezesseis” chama a atenção por ser uma música com storyboard, ou seja, conta a história de um garoto que morre (suicida-se) em um racha;
  
♫ As primeiras edições do disco vieram com uma capa especial em formatação de livro (no mesmo formato em que foi lançado “Equilíbrio Distante”). Mais tarde, ambos os discos foram relançados na caixa tradicional, de plástico;

♫ Renato recusou-se a tirar fotos para o álbum, tendo sido usada uma foto tirada durante as sessões de fotos de "Equilibrio Distante";

♫ Em "A Tempestade", não constam agradecimentos e nem as tradicionais frases "Urbana Legio Omnia Vincit" (Legião Urbana a tudo vence) e “Força sempre”;

♫ A faixa "1º de Julho" (feita por Renato para Cássia Eller)foi gravada durante as sessões de gravação de “The Stonewall Celebration Concert” em 1994;

♫ O cantor porto riquenho Ricky Martin gravou uma versão em espanhol de "A Via Láctea", intitulada "Gracias por Pensar en Mi" em seu álbum MTV Unplugged, de 2007;

♫ Em março de 1996 o avião no qual viajava o grupo Mamonas Assassinas espatifou-se contra a serra da Cantareira. Renato, comovido pois admirava a energia daqueles garotos, mandou publicar nos jornais um anúncio no qual se despedia dos colegas de gravadora: “Adeus, Mamonas, um abraço sincero da Legião”. Era mais um de seus gestos de generosidade, como doações a instituições de caridade e sobretudo a grupos de auto ajuda;

♫ “A fórmula do amor” do amigo Léo Jaime fazia parte de um projeto de Renato de gravar um álbum somente com canções brasileiras alheias;

♫ O músico deixara instruções para o que queria que fosse feito com seu corpo após o desencarne. Desejava ser cremado e ter as cinzas espalhadas no sítio do paisagista Burle Marx;

♫ A epígrafe logo no início do encarte foi tirada do livro “Serafim Ponte Grande”, de Oswald de Andrade, e era de uma melancolia avassaladora: “O Brasil é uma república federativa cheia de árvores e gente dizendo adeus.”

Crédito dos textos:
Livro ‘Renato Russo’ de Arthur Dapieve da série Perfis do Rio;
http://www.legiaonaveia.com.br de Michel Zylberberg;
http://www.osoprododragao.com
http://bloglegionario.blogspot.com
http://pt.wikipedia.org

1- Natália
2- L’avventura
3- Música de trabalho
4- Longe do meu lado
5- A Via Láctea
6- Música ambiente
7- Aloha
8- Soul Parsifal
9- Dezesseis
10- Mil pedaços
11- Leila
12- 1º de julho
13- Esperando por mim
14- Quando você voltar
15- O livro dos dias

10 comentários, é um milagre!

MAILSON FURTADO disse...

Grande Milton, que presente maravilhoso vc me trás logo pela manhã...

Tudo o que se fala de legião pra mim, claro bem, é perfeito...

Eles mudaram a minha vida, me apresentaram a escrita, a música, a revolução...

Obrigado pelo post!

Tatiana Moreira disse...

Oi Meu Amigo... Tudo bem?
Espero de coração que sim!
Começou bem a semana heim?

O Renato era realmente uma pessoa especial. Tem uma frase dele que acho muito forte: "Meu silêncio grita, meu olhar entrega, mas ninguém percebe." Para mim ele tinha uma grande sede de viver!

Tenha uma ótima semana, repleta de boas inspirações!
Um abraço carinhoso

Valdeir Almeida disse...

Milton,

Também lhe agradeço pela visita. Seu blog é muito interessante: vida inteligente na blogosfera.

Abraços.

O Alquimista3D disse...

Grande Milton!! Belíssimo post!! Apesar de não ter vivido o período que o Legião fez sucesso, minha irmã era fã e continua até hoje, foi através dela que conheci essa maravilhosa banda!! :D

Abração e fica com Deus!!

Genevieve disse...

Olá =D Voltei hehehe, obrigado por ir ao meu blog =D
Poucas pessoas sabem sobre meus bonecos, fiquei feliz com o comentário =D
Infezlimente eu também peguei não peguei a época boa do renato, ele já havia parado de cantar =\
Mas adorei o post, sempre conhecer um pouco sobre quem esta atras das letras é bom, não apenas ouvi-las =D
Ahh, meu nome...bom, é da padroeira de Paris, meio diferente né =) Porem meu pai tirou de um livro o qual era de uma princesa francesa. Na frança meu nome é muito comum, e antigamente no Brasil eram as genovevas heheheehe!

Diva L. disse...

UaUUUUUUUUUU! Que post magnífico!
Milton, obrigada por essa aula de Legião. O meu repertório foi ampliado e enriquecido com sucesso.

Bjo grande e abraço na alma.
Diva L.

Berzé disse...

Oi Kennedy, boa noite!
Já "terminei"( a gente não sabe nunca se terminou} a HQ do Bacurau. Vc acho é um dos poucos que sabiam dele.Estamos, o vereador que banca a história e eu, vendo um jeito de fazer uma revista.
Darei notícias a vc.
Abração apertado amigo.
Berzé

Emerson Fialho disse...

Grande amigo Milton, blz?
Parabéns pela postagem e divulgação desta que foi e é um ícone da nossa música...

Que Deus te abençoe e obrigado pelos gentis comentários, camarada!

Muita paz e saúde.

ANDRÉA disse...

Mil parabéns!!!!
Te desejo muito muito sucesso!!!!
Adoroi conhecer o seu blog
Andréa

Paloma Viricio:: Jornalismo na Alma:: disse...

Esses posts sã muito legais! Eu estava lendo e ao mesm tempo parava para procurar o Youtube as canções que era dissecadas aqui! Gosto muito...maravilhoso trabalho. Parabéns!
Beijos!
http://palomaviricio.blogspot.com.br

Related Posts with Thumbnails