sábado, 10 de julho de 2010

Ouça no volume máximo #1

                Não poderia deixar de falar aqui de um dos maiores fenômenos do rock nacional, especialmente porque é minha banda preferida: Legião Urbana. Buscarei não postar minha opinião pessoal, mas sim um breve resumo de cada álbum, através de informações coletadas em livros, revistas e na internet (sempre citando os créditos). A Legião é um dos grupos de rock que mais vendem CDs no Brasil, porém ainda há muitas curiosidades sobre a banda e os discos que poucos conhecem...

Legião Urbana
Período de gravação: outubro a dezembro de 1984
Data de lançamento: 1 de janeiro de 1985
Produzido por: Mayrton Bahia e José Emílio Rondeau

                Gravado com poucos recursos técnicos, o LP de estréia da banda era um disco majoritariamente político, no sentido amplo. Expunha um panorama de tudo o que estava acontecendo com o jovem daquela época, e surpreendia pela força e atualidade de suas canções!
                Suas músicas anunciavam o descaso das autoridades com a juventude (Petróleo do futuro), falavam da falência do sistema educacional (O reggae), da violência na televisão (Baader-Meinhof blues) da confusão das drogas (Perdidos no espaço), do sexismo dos boyzinhos com relação às mulheres (A dança), mas também havia uma bela canção de amor (Ainda é cedo). O próprio Renato Russo definia este trabalho como um livro completo, um clássico!

Legião Urbana - Milton Kennedy

                Apesar de ser considerado um dos discos menos vendidos da banda, muitas de suas canções são executadas ainda hoje em suas versões originais e é o preferido de muitos fãs.
                A despeito de uma certa má vontade da gravadora (EMI-Odeon) em divulgar o próprio produto, o trabalho foi muito bem aceito pelo público, chegando a ser eleito o melhor álbum do ano pela extinta Revista BIZZ, assim como foi apontada como a melhor banda, dona do melhor vocalista e compositora da melhor música: SERÁ.

               Assista abaixo o clip oficial da canção “Ainda é cedo”:


Curiosidades:
♫O nome previsto para o álbum era ‘Revoluções por minuto’ (que mais tarde acabou sendo o nome de estréia do RPM em junho de 1985);

♫Algumas das ilustrações que estão no encarte foram produzidas pelo baterista Marcelo Bonfá;

♫Segundo Renato Russo, ‘Soldados’ foi sua primeira música com uma sensibilidade mais gay;

♫Renato colocou as vozes em ‘Geração Coca-Cola’ dançando no estúdio como se estivesse num show, com tesão, empolgação e sentimento;

♫ ‘Por enquanto’ foi a única canção composta durante as gravações deste LP.

♫Sem compacto precursor, os produtores pensaram em lançar como single uma música ainda sem letra, levada só no sintetizador e bateria eletrônica, o que foi recusado por todos da banda, pois daria uma falsa idéia do que era a Legião (que definitivamente não era uma banda de sintetizador e bateria). Mais tarde ela ficaria conhecida, no segundo LP, como ‘Daniel na cova dos leões’;

♫Nesta ocasião o grupo chegou a aparecer no programa do Chacrinha (todos molambentos tiveram que tomar um banho de loja antes). O Velho Guerreiro foi um dos primeiros a perceber a semelhança entre as vozes de Renato Russo e Jerry Adriani;

♫Nos shows, ao cantar ‘Ainda é cedo’, Renato fazia inserções de trechos de ‘Gimme Shelter’ (música de Mick Jagger e Keith Richards), posteriormente isto foi mostrado nos discos ao vivo;

♫Ainda nas apresentações ao vivo, a banda fez um belíssimo arranjo em forma de balada para o final de ‘Será’, infelizmente não há registros nos álbuns oficiais, todavia alguns poucos fãs e rádios como a Cidade FM do Rio de Janeiro possuem esta raridade.

♫’Baader- Meinhof blues’ era uma organização terrorista alemã da década de 70, que tinha essa nomenclatura em virtude dos sobrenomes de dois principais líderes terroristas: Andreas Baader e Ulrik Meinhof.

Crédito dos textos:
Livro ‘Renato Russo’ de Arthur Dapieve da série Perfis do Rio;
Extinta home-page www.legiaonaveia.com.br de Michel Zylberberg;
Revista Bizz.

Dado Villa-Lobos (guitarras, violão e efeitos), Renato Rocha (contrabaixo elétrico), Renato Russo (vocal, teclados, violão e letras) e Marcelo Bonfá (bateria, percussão e glockenspiel)
1-Será
2-A dança
3-Petróleo do futuro
4-Ainda é cedo
5-Perdidos no espaço
6-Geração Coca-Cola
7-O reggae
8-Baader-Meinhof Blues
9-Soldados
10-Teorema
11-Por enquanto

Seja o primeiro a comentar!

Related Posts with Thumbnails